Como preparar um risotto

Risotto - mais um show cooking no Mercado Bacalhoeiro

No passado dia 16 de Janeiro de 2016, levámos a cabo mais um evento no Mercado Bacalhoeiro. Desta vez, a história deste show cooking girou em volta do risotto. A adesão foi ainda maior que nos últimos eventos do género e o ambiente à volta da “nossa cozinha” revelou-se descontraído e muito divertido. Até porque o cheirinho maravilhoso que se espalhava no ar fazia antever um momento de degustação assinalável!

E assim foi. Protagonizado pela Marisol Gonçalves, que foi acompanhando a confecção com alguns pormenores históricos relativamente ao risotto e a sua origem mas também abordando alguns conceitos básicos da cozinha italiana.

 

Como é costume, o Mercado Bacalhoeiro publica a receita e o modo de preparação. Aqui vai:

Ingredientes:

  • 1 cebola pequena
  • 2 dentes de alho
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 2 colheres de sobremesa de manteiga ( 1 para o Sofrito e outra para a Mantecatura)
  • 2 chavenas de arroz para risotto ( Carnaroli Aquarello)
  • 1/2 chávena de vinho branco
  • 1 1/2 de caldo de galinha ou de vegetais ( caseiro ou de cubos)
  • 1/2 chávena de queijo tipo Parmesão

 

Modo de Preparação:

1. Preparar todos os ingredientes antes de fazer o risotto. Picar finamente a cebola e o alho. Aquecer o caldo quase em ebulição e manter em lume brando.

2. Soffrito: Esta é a primeira fase do risotto fazendo um refogado numa sertã larga com a cebola em primeiro lugar e só depois o alho com as duas colheres de azeite e uma colher de sobremesa de manteiga. A cebola deve ficar apenas translúcida e então adiciona-se o alho. Neste momento também poderá adicionar outras especiarias se desejar um arroz aromatizado com outros sabores como por exemplo a açafrão, etc

3. Tostatura: coloque o arroz na sertã e envolva no refogado até todos os bagos estarem cobertos com o azeite e a manteiga ( poderá colocar mais um pouco de azeite se achar necessário) Mexa até verificar que os bagos apresentem as arestas translúcidas mas o centro ainda opaco. è muito importante não tostar demasiado o arroz pois poderá comprometer a cozedura do mesmo.

4. Refresque com o vinho branco (nós usamos o distinto Alvarinho Valados de Melgaço) e deixe evaporar.

5. Cottura: Neste momento deve adicionar uma concha do caldo aquecido e mexer até este ser absorvido pelo arroz e então aí deverá adicionar mais uma concha de caldo e assim consecutivamente, mexendo sempre entre cada adição de caldo. Deverá ter o cuidado de não deixar secar demasiado o arroz na sertã.
Esta adição gradual de líquido é muito importante pois desencadeia a libertação da goma do arroz, criando assim um molho cremoso.
Após sensivelmente 12 min deverá começar a provar o arroz para ver o ponto de cozedura. O risotto está cozido quando o exterior do bago estiver macio mas o centro ainda oferece alguma resistência (al dente). Neste momento retifique de sal. Poderá também adicionar outros ingredientes tais como cogumelos ou espargos salteados se desejar fazer um risotto com estes sabores.

6. Mantecatura: Ultima fase do risotto na qual adiciona-se uma colher de sobremesa de manteiga e meia chávena de queijo ralado mexendo com mais vigor (se achar o risotto muito “preso”, poderá adicionar uma a duas colheres de sopa de caldo). A adição da manteiga e do queijo vai contribuir para uma maior cremosidade do risotto.
Sirva imediatamente. Quanto mais tempo o risotto aguardar mais a goma irá prender o seu risotto e perderá a sua sedosa cremosidade.

Buon Appetito!

Finitto

 


Veja aqui algumas fotos do evento de show cooking de risotto:

 

Mercado Bacalhoeiro